Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Aqui estarão reunidas todas as informações a respeito da Ténéré 250
Avatar do usuário
Jhaimilson
Usuário
Usuário
Mensagens: 133
Registrado em: 29 Set 2013, 21:38
Cidade onde mora: Santa Bárbara D'Oeste
Localização: Santa Bárbara D' Oeste

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por Jhaimilson » 21 Fev 2015, 23:20

Vou ser o do contra nesse tópico... são apenas as minhas opiniões sobre as experiências que tive com a minha Teneré 250, hoje mesmo andando apenas 200 km em terra, pista, cidade, com um total de 5 horas em cima dela, ok?

Sei que muitos aqui já fizeram viagens espetaculares e internacionais (possuem muito mais propriedade para falar da moto do que eu), que a moto foi com segurança e que não deixou na mão, acredito em todo esse potencial da Teneré, ela é uma ótima moto, mas na minha opinião não é adequada para longas viagens. Sei que tem até Traxx 110 que já foi pro Alasca, mas não é isso que quero discutir, pois até a pé vc vai pro Alasca, basta ter tempo, disposição e dinheiro.

Acho que para uma longa viagem ela precisaria ter mais motor e ser pelo menos bicilindrica (poderia ter o motor da R25 ou R3 remapeado por exemplo), pois a vibração dela em uma velocidade de cruzeiro de apenas 100 km/h incomoda e da formigamento, além do motor ficar com o giro entre 6.500 e 8.000 rpm, que a deixa em uma situação de stress pedindo uma sexta marcha e berrando muito, além da falta de torque que é inexistente, portanto a atenção tem que ser muito maior, principalmente em ultrapassagens. Carregada então, a situação e esforço do motor é ainda maior e o desempenho com certeza piora, então para ter uma viagem razoavelmente "confortável", a velocidade seria limitada entre 80 e 90 km/h, o que na minha opinião é inviável e deixa a viagem longa, ainda mais longa e mais cansativa. Ela chega? Claro! Mas vai ser um "saco".

Além da questão do motor, tem os freios, banco, quadro e outros detalhes que vemos o pessoal citar em outros tópicos. O banco é uma porcaria, em meia hora já começa a incomodar, então o jeito é comprar outro mesmo. Outro detalhe é o quadro que precisa de reforço, pois quebra.

A moto é muito versátil, peguei umas trilhas bem ajeitadas com ela e foi muito bem, além de ser leve pelo seu tamanho. A suspensão nem se fala, um espetáculo, absorve muito bem as irregularidades, me senti no asfalto em plena lama e cascalho.

Resumindo, a moto tem mais qualidades do que pontos negativos. De modo geral:

* A moto é boa;
* Vai pra longe, sim, até a pé e de mobilete você vai, porém o conforto e a segurança é outra história;
* Falta motor e torque;
* Vibra bem quando está acima dos 90 km/h e da formigamento, isso cansa muito, pois treme mão, pés, perna, embora a vibração seja pequena, ela é contínua e se reflete quando fica na moto por um longo período;
* O banco é péssimo;
* A suspensão é excelente;
* O quadro é uma porcaria, precisa colocar reforço;
* A autonomia é ótima;
* O farol é ótimo;
* O freio é borrachudo.

Não serve para longas viagens, a não ser que pare o caminho inteiro, seja o Rocky Balboa (sem dor, sem dor Rocky!) ou seja um fã de carteirinha que não reconhece esses detalhes e limitações, e insiste em dizer que ela é perfeita, que não sente nada, que o que citei não condiz, que o cara é o supremo e que nada disso atrapalhe ou esteja correto.

Apenas para ressaltar, sou motociclista desde os 18, hj tenho 26, sempre tive moto pequena e com muito esforço conquistei uma nave. Amo motos independente da cilindrada, potência, marca e com certeza faria uma viagem longa com a Teneré, pois assim como a maioria, nós, motociclistas, somos um Rocky Balboa, adoramos o que fazemos, não sentimos dor e vamos sempre até o fim para curtir o que amamos, a estrada, amizades, os lugares que só a moto pode nos levar e as sensações maravilhosas que sentimos quando andamos e ficamos sorrindo a toa. Mas com uma opinião racional, ela não serve para longas viagens, assim como XRE, CG, Falcon, XT660, Teneré 660, CB300, Fazer, Hornet etc.
Atual - Suzuki GSX-S750
Ex - Yamaha Ténéré 250 2016 Branca
Ex - Triumph Tiger 800 STD 2015 Branca
Ex - Yamaha Ténéré 250 2011 Branca
Ex - Honda CG150 Titan ESD 2005 Verde
Ex - Honda Biz 100 2001 Azul

Avatar do usuário
Luiz Koudela
Mestre
Mestre
Mensagens: 865
Registrado em: 02 Jan 2013, 14:40
Cidade onde mora: Rio das Ostras-RJ
Localização: Rio das Ostras, RJ

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por Luiz Koudela » 22 Fev 2015, 06:40

É amigo... e qual serve?
Luiz Koudela

http://www.poraiviajandodemoto.blogspot.com.br/


atual TÉNÉRÉ 660cc
ex-TÉNÉRÉ 250cc 20.000km
ex-FAZER 250cc 50.000km

Avatar do usuário
batugade
Participativo-
Participativo-
Mensagens: 317
Registrado em: 14 Jan 2012, 21:47
Cidade onde mora: Resende/RJ

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por batugade » 22 Fev 2015, 08:11

Bom ponto de vista Jhaimilson.
Eu vendi a minha T250 há um ano e até agora não comprei outra moto, só no carro. Aprendi a andar de moto em uma cb 450... Motinho boa mas com 1,86m, o conforto fica comprometido. Depois passei 6 anos usando uma HD Road King (se vc quiser sentir moto que treme, te aconselho rodar de Harley, o resto é brincadeira). Usei a t250 só para ir trabalhar e realmente, coloquei reforço de quadro, de motor, só não havia trocado o banco. Quanto a viajar, acredito que seja plenamente viável pois não lembro de moto que saia da fábrica pronta para viajar (baú, afastador, alforges, bolha, banco e por aí vai). Se Deus quiser, vou comprar outra t250 e farei as minhas viagens off-road e com certeza irei prepará-la para tal. Enquanto tiver preparo físico buscarei viajar de moto, buscando sempre os lugares onde os carros tem dificuldade em ir. Quando estiver cansado, compro uma moto maior para rodar no asfalto, como fazem os carros. A t250 pra mim, é a melhor moto de dupla proposta, com essa cilindrada, feita neste país. Então camaradas, aproveitem essa moto, treinem no off, viagem enquanto tem disposição, pois quando a idade avançada chegar, não importa se treme, se não atinge 200km/h, lembrando que a velocidade máxima nas estradas daqui é 110 km/h, se o quadro é frágil???.... O que vai importar é se vc conheceu o Brasil ou só as rodovias... Vida eterna a T250.

Enviado de meu GT-S6102B usando o Tapatalk 2

DrigoRJ
Usuário+
Usuário+
Mensagens: 186
Registrado em: 24 Mai 2014, 14:58
Cidade onde mora: Nova Friburgo/ RJ
Localização: Nova Friburgo, RJ/São João de Meriti, RJ

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por DrigoRJ » 22 Fev 2015, 08:12

Jhalmilson,

Boas considerações. Entretanto, se as naves fossem acessíveis a todos os brasileiros, duvido que teríamos a quantidade de motos de baixa cilindrada que temos nas ruas. Realmente, se houvesse ampla alternativa, poucos viajariam de motos de baixa cilindrada. Sei lá, derrepente muitos prefeririam as pequenas por causa de situacoes especificas do trecho a ser percorrido.

Concordaria plenamente contigo se sua conclusão fosse que as motos de baixa ou média cilindrada podem não ser IDEAIS ( acho que foi isso que você quis dizer).As motos citadas tanto servem, pois são a mairia nestas viagens ( estou equivocado?).

Bom, se a questão principal são as dores e desconforto, creio que em menor medida elas são sentidas em qualquer motocicleta. Basta ler os comentários dos proprietários das BIGs. Quanto a ajustes na moto para melhores condicoes, trato isso como natural.n

Avatar do usuário
Jhaimilson
Usuário
Usuário
Mensagens: 133
Registrado em: 29 Set 2013, 21:38
Cidade onde mora: Santa Bárbara D'Oeste
Localização: Santa Bárbara D' Oeste

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por Jhaimilson » 22 Fev 2015, 08:53

Luiz Koudela escreveu:É amigo... e qual serve?
Espero que tenha entendido o que quis dizer no texto acima... Não estou denegrindo a imagem da Teneré, tanto disse que eu como motociclista viajaria com ela, mas estou dando o ponto de vista óbvio e racional.

Motos que considero perfeitas para longas viagens:

* CB500X
* NC700/750X - podem falar o que for, mas a honda é fera e fez um baita projeto utilizando metade de um motor de Fit... econômica, torcuda, vibra bem menos que uma F800GS, tem ótima velocidade de cruzeiro, bancão confortável, só peca pelo bocal de combustível que fica embaixo do banco traseiro, mas é só não amarrar nada nele e colocar a bagagem em um top case.
* Suzuki V-Strom 650/1000
* Kawasaki Versys - 650/1000
* BMW F800GS - nem preciso comentar
* Triumph Tiger 800 ABS/XC - sem comentários tb
* BMW R1200GS - A vá?
* Triumph Tiger Explorer ABS/XC 1200
* KTM 1190 Adventure
* Ducati Multistrada 1200
* Yamaha Super Ténéré 1200 - nem preciso comentar
* Benelli (BN600GT, TRE1130K...)
* Honda Gold Wing
* Kawasaki Councurs
* Yamaha MT-09 Tracer
* MV Agusta Stradale
* E muitas outras que não citei aqui como Harley, Indian, Aprilia...

Enfim, perfeitas para viagem é o que não faltam, sei que são todas caras e que realmente é difícil para comprarmos, pois vivemos nesse país corrupto.

Olhando do ponto de vista técnico e considerando principalmente a questão do motor, a Ténéré 250 não serve.

Olhando do ponto de vista do motociclista, uma Shineray serve pra ir pra Ushuaia, Alasca, Atacama, Sibéria...
Atual - Suzuki GSX-S750
Ex - Yamaha Ténéré 250 2016 Branca
Ex - Triumph Tiger 800 STD 2015 Branca
Ex - Yamaha Ténéré 250 2011 Branca
Ex - Honda CG150 Titan ESD 2005 Verde
Ex - Honda Biz 100 2001 Azul

Avatar do usuário
Jhaimilson
Usuário
Usuário
Mensagens: 133
Registrado em: 29 Set 2013, 21:38
Cidade onde mora: Santa Bárbara D'Oeste
Localização: Santa Bárbara D' Oeste

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por Jhaimilson » 22 Fev 2015, 09:17

Está correto sim, quanto as dores, claro que irá sentir em motos maiores, fiquei um dia rodando por 7 horas consecutivas na Tiger, cheguei em casa cansado, com um pouco de dor na poupança e no punho, porém inteiro, sem formigamento, sem dor nas costas e nas pernas... óbvio que se ficasse mais tempo sentiria mais dores... mas a proporção é muito, mas muito menor, não tem como comparar...

Cada uma tem uma proposta, a Teneré 250 é perfeita para o dia-a-dia, pegar off-road leve, permite fazer viagens curtas e médias, mas a proposta dela não é viagem longa, ela vai sem dúvida alguma, temos muitas provas disso, mas não é isso que estou querendo apontar, pois como citei, a pé, de bicicleta, a cavalo, vamos para qualquer canto.

O mesmo vale para a Teneré 660, ela tem mais itens de conforto, porém a proposta dela é Enduro e não longas viagens, seria para longas viagens se ela tivesse pelo menos um motor bicilindrico, mas a Yamaha para aproveitar o mesmo chassi, motor, balança e outros itens da XT660R, usou a mesma plataforma. Imaginem só uma Teneré 660 com o motor da MT-07 remapeado para ter mais torque em giros baixos? Imaginem se tivesse isso com o preço atual, quero ver a BMW, Triumph e KTM encarar... essa seria a moto!
Atual - Suzuki GSX-S750
Ex - Yamaha Ténéré 250 2016 Branca
Ex - Triumph Tiger 800 STD 2015 Branca
Ex - Yamaha Ténéré 250 2011 Branca
Ex - Honda CG150 Titan ESD 2005 Verde
Ex - Honda Biz 100 2001 Azul

Avatar do usuário
kablack
Moderador
Moderador
Mensagens: 2365
Registrado em: 23 Jun 2011, 10:44
Cidade onde mora: Sorocaba - SP

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por kablack » 22 Fev 2015, 09:54

Jhaimilson

Perfeitos seus comentários.

Concordo com tudo.

Mas quem não tem cão caça com o gato mesmo.

O banco da Té 250 não combina com viagem alguma. Grande ou pequena. Isso basta.

Quem troca o banco viaja numa moto adaptada.

A moto é um belo quebra galho. Mas daí a dizer que é boa para viajar... Falta muito.

A própria XRE tem conforto incomparável com o da Té 250.

Abraço
"Operator, this is an emergency...what's the number for 911?"

"A luz no fim do túnel foi desligada devido a cortes no orçamento"

Avatar do usuário
Angelo
Mestre-
Mestre-
Mensagens: 694
Registrado em: 04 Ago 2014, 22:00
Cidade onde mora: Sorocaba/SP

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por Angelo » 22 Fev 2015, 10:01

Minha opiniao..

Eu acho dificil dar uma resposta exata.. eh muito simples e facil ter uma resposta 'binaria' para algumas coisas... sim, nao... eh, nao eh...

Serve para longas viagens? Serve.. Eh ideal? Nao..

Acredito que a grande maioria, incluindo eu, comprou uma T250 pela autonomia, beleza (eu acho bonita, alguns nao, mas ai eh uma questao de gosto), porte, ideal para pilotos mais altos, como eu.. nao que os mais baixos nao possam ter, claro que podem.. :D

Mas o melhor desempenho dela eh na cidade, essa eh a verdade, eu acho.. eh uma motoca excelente para cidade, exatamente pelas caracteristicas que citei acima, e mais alguns detalhes que todos sabem.. ate mais do que eu.

O que a gente faz eh aproveitar esse porte, autonomia dela para pegar estrada tambem, de todo tipo..

Gosto da T250? Sim Vou trocar? Nao...por enquanto.. (exatamente pelo custo-beneficio dela)

Quero uma motoca maior? Claro.. mas continuarei com a T250.. (ou nao, rs)

E isso ai..

:thumbup:
One of These Days, I'm Going to Cut You Into Littlle Pieces!

Avatar do usuário
kablack
Moderador
Moderador
Mensagens: 2365
Registrado em: 23 Jun 2011, 10:44
Cidade onde mora: Sorocaba - SP

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por kablack » 22 Fev 2015, 10:11

Hehe... Comprei a minha pelo valor do seguro. Vendi pelo banco duro.

Quebrar o galho ela quebra. Custo benefício sem igual. Agora.... BOA para estrada ela não é não. Mal quebra o galho. Conforto zero.
"Operator, this is an emergency...what's the number for 911?"

"A luz no fim do túnel foi desligada devido a cortes no orçamento"

Avatar do usuário
Luiz Koudela
Mestre
Mestre
Mensagens: 865
Registrado em: 02 Jan 2013, 14:40
Cidade onde mora: Rio das Ostras-RJ
Localização: Rio das Ostras, RJ

Re: Ténéré 250 - Serve para longas viagens ?

Mensagem por Luiz Koudela » 22 Fev 2015, 10:52

Claro jhaimilson... Entendi sim sua colocação, teve gente que já viajou até de honda bis pro Chile. Como dizer que uma moto que chega a quase 400km de autonomia, com uma excelente durabilidade de peças e diversos acessórios não servir pra viajar? Sim serve... Pode não ser uma viagem tão rápida, quanto andar de Tiger.
2 amigos fizeram um giro latino, atravessaram rios, lama, buracos na pista e outras coisas... Nessa viagem a Lander precisou usar a gasolina reserva devido a sua baixa autonomia diferente da TÉNÉRÉ que conseguiu atravessar todos os trechos sem precisar reabastecer com o combustível de emergência. O detalhe é que a autonomia da Lander é igual a quase todas as motos por você descrita. E pior, ainda tirar a TÉNÉRÉ 660... ??? Uma moto confortável, durável e de excelente autonomia (450km), só porque vibra um pouco?
Luiz Koudela

http://www.poraiviajandodemoto.blogspot.com.br/


atual TÉNÉRÉ 660cc
ex-TÉNÉRÉ 250cc 20.000km
ex-FAZER 250cc 50.000km

Responder